A.A. ~ era d'obras #2







10 comentários:

Aaoiue disse...

Según como parece un reportaje de guerra, según como resulta prometedor.

Puella63 disse...

E eu sou tão alérgica ao pó. Embora com saudades, acho que a minha saída foi providencial.
Beijos,
Cristina

wind disse...

Que andem máquinas nas obras compreende-se.
O que não entendo é como se podem dar aulas com aquele barulho!
Além disso fez-me impressão ver a biblioteca cheia de caixotes e os livros todos a apanharem pó, a sujeitarem-se a ser estragados!
Beijos

Joana C. disse...

ó prof. eli que estão a fazer à nossa querida António Arroio???????????????
Vão destruir tuuuuuuuuuuuuuuuudo?''''''''''''''
Vou escrever-lhe um mail.
Beijinhos,
Joana C.

In~es disse...

Tanto caixote! O centro de recursos também vai abaixo???? E depois, há computadores e livros pra vermos onde?????

:(((((((

Já tou com saudades!
Jocas da Inês

Anónimo disse...

eu acho q tenho mtas + saudades pq qd acabarem as obras ja ñ vou aproveitar nd :(((

pofª Eli, veja o mail e responda-me logo logo logo, ta?

D:=))
jinhos da
Ana

Lourdes disse...

Olá, Eli!
A AA está mesmo com cenário de guerra :(((

Que não se esqueçam de preservar as pinturas da sala de professores e os azulejos do exteriores.

Beijinho com uma camadinha de força para teres muita paciência
Lourdes

PS: Dá também um beijinho e um :) meu ao Joãozinho

eli miguel disse...

Meninas e Meninos, que é lá isso?! Animem-se!

Os livros estão já - em tempo recorde! - devidamente aconcidionados, carinhosamente protegidos.

Haverá, naturalmente, restrições, mas ninguém deixará de poder consultar 'aquela obra, fundamental, imprescindível que só existe no acervo da AA.'

Os monoblocos são espaçosos, têm boa iluminação, cadeiras funcionais e... ar condicionado.

(*_*)

Até para a semana.

Beijinhos da

eli


**** Os Maias? Já lidos?

eli miguel disse...

***lapsus calami:


ACONDICIONADOS


eli

Cláudia Santos disse...

Querida escola, quem te viu e quem te vê agora! Que saudades!!
Principalmente de uma professora, acho que se chama hhuuuuuummmmm ELISABETE MIGUEL, o seu trabalho está magnífico!!Beijocas